Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

Buscar  
(19)98156-5064

No Ar


Nenhuma programação cadastrada
para esse horário




Fan Page

Redes Sociais


Estatísticas
Visitas: 460298 Usuários Online: 48


Bate Papo

Digite seu NOME:


Brasil
Publicada em 08/10/18 às 14:19h - 326 visualizações
Reduto petista do Estado elegeria Bolsonaro no primeiro turno
Se Jair Bolsonaro (PSL) dependesse de Hortolândia já estaria eleito como novo presidente do Brasil

TV Hortolandia


 (Foto: TV Hortolandia)
As urnas demonstraram nesse Domingo (7) o desejo popular pelo fim da polarização política que dominou o país nos últimos anos. Até então PSBD e PT que sempre lutavam pelo maior número de cadeiras no senado, câmara e sempre tinham o maior número de votos entre os presidenciáveis, agora se vê numa situação totalmente diferente. 
Hortolândia-SP foi a cidade em que o PT teve o maior número de votos na última eleição e na época quando Geraldo Alckmin foi candidato a governador do Estado de São Paulo a cidade petista foi a única em que ele perdeu. 

Nesse domingo. os mais de 149 mil eleitores da cidade demonstraram nas urnas que o PT não é mais a preferência da população. Nem a única candidata a deputada federal a reeleição conseguiu uma vaga na Câmara Federal dos Deputados. Ana Perugini (PT) teve pouco mais de 44 mil votos, insuficientes para ocupar o cargo. Depois de mandato como vereador, deputada estadual e federal, a ex esposa do atual prefeito da cidade deixa o espaço para tantos outros novos eleitos que nunca estiveram no poder.

Outro candidato a reeleição Luiz Lauro Filho também não foi reeleito (PSB)

Em Hortolândia Bolsonaro seria eleito no primeiro turno com 54,49% dos votos válidos. Fernando Haddad (PT) não alcançou nem a metade 23,23%. Um dia da eleição, os eleitores que até então estavam escondidos começaram a aparecer e várias manifestações aconteceram na cidade como forma de protesto a favor do voto ao Bolsonaro. 

Se de fato, os eleitores votaram no Bolsonaro ou contra o PT ainda não se sabe, porém o candidato que até então era apenas um dos deputados entre tantos outros, passou a ficar famoso por frases polêmicas e logo começou a subir nas pesquisas até obter o resultado surpreendente. O anti petismo tomou conta do país devido a influência da grande mídia e o advento da internet possibilitou maior divulgação de informações fakes ou não. 

Independente quem for eleito, cada presidente deve entender que não vai governar em nome de um país ou de um público específico, mas para uma nação como um todo. O que tudo aponta é que tanto Bolsonaro quanto Haddad terão muitas dificuldades para conseguir colocar o país no eixo certo.

Direto da Redação
TV HORTOLÂNDIA



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros

TV HORTOLÂNDIA - Emissora Rede Brasil de Televisão.
Copyright (c) 2018 - TV Hortolandia - Todos os direitos reservados