Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

Buscar  
(19)98156-5064

No Ar


Nenhuma programação cadastrada
para esse horário




Fan Page

Redes Sociais


Estatísticas
Visitas: 460285 Usuários Online: 35


Bate Papo

Digite seu NOME:


Brasil
Publicada em 17/09/18 às 13:47h - 6732 visualizações
Nova entrada de Hortolândia começa a ser construída
Obra interliga à Ponte Estaiada e fará parte do Corredor metropolitano

TV Hortolandia


 (Foto: TV Hortolandia)

A ponte que até então é conhecida como a ponte que liga nada ao nada está quase em funcionamento. As obras seguem em ritmo acelerado dentro do prazo estabelecido pelo Governo Estadual. 

A obra de implantação da estrada de acesso da Ponte Estaiada à Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101) começou. De acordo com a Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), a ação, realizada pela Rodovias do Tietê, concessionária que administra a SP-101, está orçada em aproximadamente R$ 4,79 milhões. O dispositivo, que fará transposição da Rodovia no quilômetro 5, na altura do bairro Nova Boa Vista, viabilizará o acesso de veículos nos sentidos Campinas e Monte Mor, a partir do Corredor Metropolitano Noroeste, obra que é realizada pela EMTU (Empresa Metropolitana de Serviços Urbanos), e viabilizará o tráfego de veículos pela Ponte Estaiada, construída pela Prefeitura.

Esta obra faz parte das intervenções necessárias para a Ponte Estaiada entrar em operação solicitadas pelo prefeito Angelo Perugini ao Estado. Em junho, Perugini recebeu a confirmação da Artesp de que o Governo Estadual realizaria este dispositivo de acesso. “A criação desta alça de acesso na saída para Campinas é uma obra bastante aguardada pois viabilizará a Ponte Estaiada dentro da proposta do corredor expresso de ônibus, melhorando e agilizando o tráfego local e regional”, afirma Perugini.

A assessoria de imprensa da Rodovias do Tietê confirmou o início das obras e afirmou que, em 10 dias, um volume maior de serviço poderá ser conferido no local. A informação foi reafirmada pelos secretários de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, Carlos Roberto Prataviera Junior, e de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira, que se reuniram, na semana passada, com a diretoria da concessionária Rodovias do Tietê.

“A Rodovias do Tietê garantiu que começa, dentro de duas semanas, a obra maior, de implantação de grandes pilares para sustentação na nova alça de acesso. Esta intervenção será realizada no canteiro central da SP-101. Para isso, será necessário ocupar parte da pista, de um dos lados da rodovia. Então, como etapa inicial, uma via marginal está sendo implantada, via por onde o tráfego de veículos será desviado durante o período de obras”, explicou Prataviera Junior. 

A marginal será usada como acesso à própria alça de acesso após a conclusão da obra. De acordo com a Rodovias do Tietê, o serviço de topografia também já iniciou. A Artesp informou que a construção do dispositivo será realizada em conjunto com a obra do Corredor Metropolitano. A previsão é que os dois trechos fiquem prontos na mesma época, no próximo ano.

O traçado do Corredor também segue em construção pelo Estado, a partir da Ponte Estaiada, rumo ao Jd. Novo Ângulo, até a SP-101. O serviço, que prioriza o acesso e pavimentação da Ponte, colocará a estrutura em operação,  unindo as regiões Leste (Jd. Novo Ângulo) e Oeste (Jd. Amanda) da cidade. No futuro, quando todo o traçado estiver concluído, a Ponte fará parte do corredor expresso de ônibus, que seguirá desde Americana até Campinas.

Direto da Redação.
Texto editado com apoio da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Hortolândia.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros

TV HORTOLÂNDIA - Emissora Rede Brasil de Televisão.
Copyright (c) 2018 - TV Hortolandia - Todos os direitos reservados